Imprensa

Press

« Voltar « Back

Incerteza é entrave ao open banking

Por: DCI - Diário Comércio Indústria & ServiçosImprimirVisualizar em PDF

​A demanda das empresas tem pressionado a maior abertura de APIs por instituições financeiras. A incerteza quanto à segurança e a própria operação do open banking, porém, traz cautela aos bancos. A expectativa é que a regulação saia até o início de 2019.

De acordo com Bruno Balduccini, sócio da Pinheiro Neto Advogados, ainda que o Banco Central já proponha grupos de estudo para ouvir e propor normas ao mercado, "as coisas não são simples".

"Muitos bancos não têm o parque tecnológico necessário para fazer APIs. [do inglês, Interface de Programação de Aplicativos]. Além disso, a grande maioria ainda tem medo e incerteza sobre como as coisas vão funcionar", disse o advogado ao DCI em evento promovido pelo BS2, ontem.

O medo, nesse sentido, é de quem seria a responsabilidade das informações no sistema.

"A dúvida, por exemplo, é em caso de vazamento de informações. É preciso uma qualidade mínima de segurança e clareza sobre como o open banking vai funcionar na prática", completa Balduccini.

Já para o cofounder do FintechLab, Marcelo Bradaschia, esse impasse vivido entre as instituições financeiras tem "travado" alguns avanços.

"A inovação vem sempre antes da regulação. Mas, para isso, é preciso ter alguém que esteja disposto a sempre quebrar as barreiras e entender o que é interessante para o mercado", comenta e reforça que este "já é um caminho sem volta".

"Precisamos começar a destravar o território para testar os serviços financeiros em várias formas. E isso vai acontecer cada vez mais. Existem limites a serem testados e novas formas de negócio que precisam fazer isso", acrescenta Bradaschia.

'Faca e queijo na mão'

Já para os bancos, os especialistas comentam a necessidade de atualização de sistemas para que não fiquem "obsoletas"

"Não enxergamos mais os bancos como nossos únicos e principais concorrentes. A informação, hoje, transite de forma cada vez mais rápida e ágil e as empresas financeiras têm a faca e o queijo na mão para tornarem-se grandes concorrentes dos bancos", afirma a diretora executiva do BS2.

"Essa transformação vai acontecer e vamos colocar toda nossa infraestrutura bancária à disposição dos nossos parceiros para que todos possamos agregar valor", conclui.

Segundo os especialistas, a expectativa é de que o open banking já seja regulamentado pelo BC no início de 2019.

Compartilhar:
Faça parte do nosso mailing Join our mailing Receba em primeira mão publicações
e comunicados do escritório
Get firsthand publications
and communications office

São PauloRua Hungria, 1100. 
01455-906
Tel: +55 (11) 3247-8400
Fax: +55 (11) 3247-8600ver mapasee map

Rio de JaneiroRua Humaitá, 275 - 16º andar. 
22261-005
Tel: +55 (21) 2506-1600
Fax: +55 (21) 2506-1660ver mapasee map

BrasíliaSAFS, Qd. 2, Bloco B
Ed. Via Office 3º andar.
70070-600
Tel: +55 (61) 3312-9400
Fax: +55 (61) 3312-9444ver mapasee map

Palo Alto228 Hamilton Avenue, 3rd floor
CA 94301 USA
Tel: +1 650-798-5068ver mapasee map

Termos de Uso
Política de Privacidade