Imprensa

Press

« Voltar « Back

Sawiris e Moelis propõem trocar R$ 24,8 bi por 95% da Oi

Por: Valor EconômicoImprimirVisualizar em PDF
O plano alternativo de recuperação da Oi desenhado pelo bilionário egípcio Naguib Sawiris em conjunto com credores da operadora liderados pelo banco de investimento Moelis & Company propõe, além de uma capitalização de até US$ 1,25 bilhão, alterações no conselho de administração e no corpo de executivos da companhia.

A proposta foi apresentada na sexta-feira por representantes de Sawiris e do Moelis ao presidente da Oi, Marco Schroeder.

A injeção de dinheiro "novo" seria viabilizada por meio de uma oferta pública de ações (OPA) no valor de US$ 1 bilhão. Os US$ 250 milhões restantes seriam subscritos diretamente por Sawiris.

Segundo Karim Nasr, representante de Sawiris, a captação de US$ 1 bilhão (via OPA) já estaria assegurada por cartas de compromisso assinadas por investidores privados. Todos esses recursos seriam destinados apenas a investimentos da Oi e não ao pagamento de dívidas.

Outro ponto central da proposta, explicou Nasr, seria a conversão imediata, de R$ 24,82 bilhões em títulos da dívida da Oi em 95% do patrimônio líquido da companhia. A oferta pública de ações ocorreria depois de implementada a conversão de dívida em participação acionária.

Cerca de R$ 10 bilhões em dívidas seriam reestruturadas, via aumento no prazo de pagamento e redução nas taxas de juros.

O efeito combinado da conversão de dívida em ações e da reestruturação derrubaria a dívida bruta do patamar atual de R$ 65 bilhões para R$ 30 bilhões, explicou o advogado Giuliano Colombo, do escritório Pinheiro Neto Advogados, contratado para prestar assessoria legal às partes envolvidas no plano.

Ao fim de todo o processo, Sawiris ficaria com uma participação acionária em torno de 10% na Oi, estimou Colombo.

Dentro da reestruturação da dívida está prevista uma carência de cinco anos para o pagamento de bancos e agências de crédito para exportação. Os credores estratégicos, grupo que inclui grandes fornecedores, seriam pagos sem desconto dentro de dois anos.

As dívidas com a Agência Nacional de Telecomunicações teriam uma parte (R$ 5,5 bilhões) paga de forma parcelada e outra (R$ 14,5 bilhões) convertida em investimentos por meio de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) a serem assinados com a Anatel.

Karim Nasr frisou que a proposta alternativa parte do pressuposto de que a Oi investirá R$ 37 bilhões ao longo dos próximos cinco anos e R$ 70 bilhões em dez anos.

"Esperamos que a companhia vá aceitar de boa fé a nossa proposta", disse Colombo, do escritório Pinheiro Neto. "Essa é uma proposta melhor e mais consistente do que a existente hoje", opinou ele, para depois acrescentar que, caso o plano de Sawiris e Moelis não seja levado em consideração pela Oi, a questão poderá ser levada à Justiça.

A empresa de recrutamento de executivos Spencer Stuart foi contratada para selecionar membros independentes para o conselho de administração da Oi. No plano desenhado por Sawiris e Moelis, quatro dos nove conselheiros seriam independentes, selecionados pela Spencer Stuart. Outros dois seriam indicados por Sawiris e três, pelos "bondholders". Também está prevista a troca de executivos da Oi.

Em nota divulgada na sexta-feira, a Oi informou que o plano alternativo será analisado "juntamente com as demais sugestões que surgiram ao longo de encontros com outros credores que estiveram com a Oi até agora, como o assessor financeiro G5 Evercore, além dos bancos Itaú, Banco do Brasil, Caixa e BNDES ".

A Oi frisou que uma das possibilidades em discussão seria, por exemplo, a troca de parte da dívida por participações acionárias após a aprovação do plano de recuperação judicial. "A Oi acredita que o resultado destas negociações deverá refletir uma proposta final que garanta a viabilidade operacional e a sustentabilidade da companhia e que atenda credores, acionistas e demais partes interessadas, permitindo que a Oi saia mais fortalecida ao final deste processo", concluiu a companhia em nota.​

Compartilhar:
Faça parte do nosso mailing Join our mailing Receba em primeira mão publicações
e comunicados do escritório
Get firsthand publications
and communications office

São PauloRua Hungria, 1100
01455-906
Tel: +55 (11) 3247-8400
Fax: +55 (11) 3247-8600ver mapasee map

Rio de JaneiroRua Humaitá, 275 - 16º andar
22261-005
Tel: +55 (21) 2506-1600
Fax: +55 (21) 2506-1660ver mapasee map

BrasíliaSAFS, Qd. 2, Bloco B
Ed. Via Office - 3º andar
70070-600
Tel: +55 (61) 3312-9400
Fax: +55 (61) 3312-9444ver mapasee map

Palo Alto228 Hamilton Avenue - 3rd floor
CA 94301 USA
Tel: +1 650-798-5068ver mapasee map

Tóquio1-6-2 Marunouchi
Chiyoda-ku - 21st floor
100-0005
Tokyo – Japan
tel: +81 (3) 3216 7191ver mapasee map

Termos de Uso
Política de Privacidade